O QUE SIGNIFICA A RESPOSTA DA ATLÂNTIDA

O QUE SIGNIFICA A RESPOSTA DA ATLÂNTIDA

CÁSSIO GUILHERME, PRESIDENTE DO MIL-B

                               Em diversos livros Integralistas, sobretudo A Quarta Humanidade do Chefe Nacional Plínio Salgado e O Quarto Império de Gustavo Barroso, se fez menção a Atlântida e sua volta no cenário realístico da Humanidade. O que seria para nós Atlântida?? O Continente perdido?? Um lugar comparável a pasárgada?? Uma montanha?? Bebendo do misticismo e espiritualismo integralista, com a reinterpretação moderna linearista podemos responder facilmente a essa pergunta : Atlântida não é um lugar no espaço e no tempo; porém uma cosmovisão, um meio de vida, uma harmonia esplendorosa e eterna, que foi roubada desse mundo pelos materialismos judaizantes de 5000 anos.

                               Vamos primeiramente ler, refletir e  analisar três  pequenos trechos de textos do Chefe Nacional, que são: O DIÁLOGO DOS ATLANTES (livro O Sofrimento Universal, 1934), A LUZ AUSENTE ( livro Madrugada do Espírito, texto de 1936) e A RESPOSTA DA ATLÂNTIDA ( livro A Quarta Humanidade, 1934):

 

                A luta do homem contra a conjuração das fatalidades constitue o espírito do velho teatro grego, que exprimiu, tão ao vivo, a vibração da consciência dos povos da antiguidade, arrastados todos como títeres aos conflitos em que a imprescritível vontade dos deuses traduziu a inamovibilidade das forças naturais no embate com as superiores diretrizes do espírito humano. ( O DIÁLOGO DOS ATLANTES)

                No fundo de todas as angústias das Nacionalidades e das massas populares, o que é fora de dúvida é que se percebe um desequilíbrio, em tentativas supremas para uma recomposição de ritmos e harmonias… O mundo está morrendo pela ausência do ” espírito”. ( A LUZ AUSENTE)

                A América do Sul vae erguer-se , pelo milagre do Brasil. O Brasil caboclo, o Brasil forte, o Brasil do sertão, o Brasil bárbaro e honesto, num ímpeto selvagem, vestiu uma farda cor das matas e desfraldou a bandeira cor do céu. ( RESPOSTA DA ATLÂNTIDA)

                               Nesses trechos podemos destacar diversas idéias importantes na espiritualidade e religiosidade nativa do Chefe Nacional. As Forças da Natureza. O Espírito Telúrico. O chamamento dos Deuses. A mística nativa e das entranhas da Terra. O resgate do Brasil indígena e caboclo. O despertar de consciências cósmicas. A Harmonia da existência. Todos esses conceitos avalizam e atestam o intento do Chefe em resgatar nossas origens, nossa religião original, nosso orgulho perdido por estrangeirismos e exegeses alienígenas. A liturgia dos povos originários das Américas tem que ser o passado glorioso das tabas, das tribos, do suor do homem do campo e dos tambores africanos que nos construíram como identidade nacional. É nesse conceito que devemos encontrar o grito de Atlântida e dos Atlantes.

                               Atlântida é o lugar onde impera a Harmoniocracia. Deuses e Homens, mortais e imortais têm que respeitar as Forças da Natureza. O Cosmos rege todas as regras.  Nada está acima da Natureza, nem Deuses, nem Homens. É um Estado de Espírito e Consciência. Não há desigualdades. Não há miséria, não há egoísmo, não há traição, não há superioridade. Não existe supremacia racial nem espiritual. Não existe especismo.   Porque todos vivem sem a presença do dinheiro e do Bezerro de Ouro, que conspurca a consciência humana e a fé na vida e na Força. Ninguém se vende pelo vil metal.  Deus não criou as Forças da Natureza. Ele as respeita. Ele as policia.  Assim como os Homens. Teocracia e Antropocracia, Fé metafísica e materialismo não tem lugar em Atlântida. Os conceitos de Onipresença, onisciência, onipotência e racionalismo não existem para Atlãntida. Todos têm seu papel definido. O racionalismo é substituído pela interpretação ativa. Ninguém sofre ou tem medo em Atlântida. Todos buscam a felicidade em Atlântida.  A Harmonia entre os seres, Deuses, Homens, animais, Forças da Natureza é o que mantém a existência estrutural da Atlântida. Essa Harmonia sagrada foi violada e violentada pelo materialismo argentário dos oráculos do Bezerro de Ouro. Necessita urgentemente ser restaurada.  A retomada desse cálice sagrado harmônico é que proverá de uma vez por todas a salvação a todos os seres. Essa construção sacrossanta e consagrada é que precisa ser encontrada novamente.

                               Procure dentro de si a sua Atlântida. Ao encontrá-la você ajudará a reconstruir a Atlântida de todos.

Leituras Recomendadas

Previous
Next
FPS Livro nº 15 ''Projeto de Reforma Agrária''_capasite
CARTILHADOSPLINIANOS
MANIFESTOSPRP
CARTAANAÇAO2
OSECULODOCORPORATIVISMO
OCOMUNISMOEAMAÇONARIA
OSJUDEUS_ALFREDOBUZAIDINCL
manifestoprograma1936
NORMASDEADMINISTROTÉCNICAMUNICIPAL
Livro Municipalismo
o_homem_e_Oestado
acrisepalamentar
o_Elo_Secreto2
como_se_engana_a_humanidade2
conceito_de_civilização_brasileira2
discurso de despedida do parlamento
como_se_prepara_uma_china
O Ultimo Nazireu
Livro Sagrado Linear
Padre 2 (1)
OESTADONACIONAL
ARTEECIVISMOCORR
constanciadoolharvigilante
O_Estado_meio
TODOS OS ANIMAIS SAO IRMÃOS
thumbnail (1)
FREI ORLANDO SILVA
A Arte da Guerra
FranciscanismoXTomismo
Igreja Linear
era vargas
Livro A Casa Imperial
fronteiras_da_tecnica
golpe_de_novembro
direito_politico
forças_secretas
manifesto_municipalista
AIGREJAEOMARXISMO
abya yala
prpcartaz
boletimdedoutrina2rn
boletimdedoutrina1rn
comquemestamos
CATOLICOSEINTEGRALISMO
pelobemdobrasil
discursoaosintegralistas
CONCEITOCRISTÃODOTRABALHO
Breviário do Camisa Verde
Livro Cientificismo Moderno
Livro Espiritualidade

Marcha Linearista

Vídeo em Destaque

TUPÃ, O GALO VERDE INTEGRALISTA E LINEARISTA, ESMAGA O VERME COMUNISTA LIBERAL, GERADO NO VENTRE DO GRANDE CAPITAL FINANCEIRO INTERNACIONAL