O MERCADO DE ARTES, O NOBEL DO OBAMA E O REI MIDAS

CÁSSIO GUILHERME, PRESIDENTE DO MOVIMENTO INTEGRALISTA E LINEARISTA BRASILEIRO MIL-B, FUNDADOR DO LINEARISMO

“ CONHEÇA A VERDADE, E A VERDADE VOS LIBERTARÁ”

Os Integralistas e Linearistas atuais partem do pressuposto indiscutível de que vivemos um período da História completamente dominado e manipulado por uma Elite Financeira que decide efetivamente os destinos das Nações. Esse período teve início com a Revolução Francesa de 1789, cujo fundamento político foi a transferência de eixo de poder dos Monarcas para os Burgueses Endinheirados. Interessa-nos também esclarecer os mecanismos adotados pela Elite Internacionalista para se perpetuar no Poder e manter a qualquer custo o seu Status Quo de permanência no centro nevrálgico das decisões que definem o andamento dos Processos Históricos. É de crucial importância para todo aquele que se auto-denomina um Espiritualista e Nacionalista de verdade, desvendar essa engrenagem que propicia o sucesso virtual do Poder Financista Mundial. Vamos tentar desvendar a tática adotada.

Desde o Golpe chamado de Tratado de Bretton Woods de 1944, que transformou o dólar em parâmetro de referência monetária, a Elite Internacionalista apela para todo tipo de mentira e falcatrua para perpetuar sua doutrina de dominação dos povos. Uma das maneiras mais eficazes de acumular Capital e fabricar dinheiro do Nada é a utilização da Mídia e da Comunicação de Massa. Essa Mídia ampara as safadezas e patifarias dos detentores do Poder Econômico no sentido de preservar-lhes a posse do dinheiro e transformar qualquer tipo de lixo em ouro. Um dos exemplos mais notórios é o Mercado de Artes. Há pouco tempo, houve uma exposição de quadros de um “ pseudo-artista” no Brasil, Francis Bacon, cujas Obras estavam avaliadas em mais de 2 milhões de reais cada. Quem define o preço das Obras de Artes?? Por que borrões grotescos pintados em papel higiênico, de repente começam a valer milhões de dólares do Nada?? Os leitores deste artigo podem estar pensando que é imbecilidade levantar questões como esta, que o “ Mercado” regula o preço das Obras de Artes, a Oferta e Procura é a razão desse comércio, e que a esfera de atuação Estatal nada tem a ver com esse mecenato particular. O cidadão comum que paga seus impostos não estaria interessado em desvendar os mistérios por trás desse mercado absurdo. Ledo Engano!! A Elite Financeira sabe que a monetarização do Mercado de Artes é algo crucial para a manutenção de seu Poder Legalizado sobre o comércio transnacional. Com efeito, observem que geralmente os maiores banqueiros do mundo investem pesado em Obras de Artes, acumulando valor monetário traduzido em papel pendurado na parede. Isso é muito mais eficaz e barato do que acumular numerário ou toneladas de ouro, que os bandidos podem facilmente ameaçar e que se torna tarefa árdua de guardar em cofres e manter sistemas de segurança. E os banqueiros por sua vez usam os seguros bancários para “ proteger” o valor das Obras de Artes em sua posse. Destarte, o sistema bancário inclui no seu ativo ( balanço patrimonial) e inclui na sua carta de empréstimos o valor segurado dessas Obras, convertendo papel borrado em dinheiro milionário. E a partir daí, os bancos emprestam o dinheiro inventado com juros para os néscios correntistas, tudo devidamente amparado e protegido pelo ombro amigo dos Bancos Centrais das Nações Escravizadas. E se por ventura os banqueiros vierem a “ quebrar”, usam o valor inventado por eles mesmos das Obras possuidas como forma de pagamento de suas dívidas. Entendam esse mecanismo diabólico e vão concluir que a Mitologia do Rei Midas ( Aquele que transformava em ouro tudo que tocava) é brincadeirinha perto da realidade de estelionato dos Bancos Atuais. E nada acontece com essa orgia dos banqueiros, não é verdade?! Inclusive os “ Governos Democráticos” tudo fazem para preservar a conversão monetária dos bancos, que criam dinheiro do nada. O dinheiro que seria necessário para a saúde, a educação, a segurança é vilmente drenado para o sistema financeiro, para cotizar a mentira e para salvaguardar a integridade de uma fortuna inexistente, imaginada pelos banqueiros a partir do Mundo das Ilusões Artísticas.

Outro mecanismo muito utilizado pela Elite Financeira Internacional para perpetuar seu obscurantismo de domínio é o que chamamos de “ padronismos”. A Elite usa a Mídia para inventar Fundações Milionárias e Academias de Fachada que utilizam premiações como salvo-conduto de competência e qualidade a quem serve aos poderosos. Com essas premiações amplamente alardeadas pela Mídia, a Elite consegue legitimar o que quiser, e convencer os mais incautos. É o exemplo dos tais Prêmios Nobel, que entregam chancelas de Superioridade a determinados indivíduos; é o caso dos Festivais do Oscar, que transformam o supra-sumo da mediocridade cinematográfica em produtos de primeira qualidade; é o caso dos Grammies Awards que transformam em celebridades cantores miúdos e por ai vai. Nessa semana de outubro de 2009, o Presidente dos EUA Barack Obama, um mambembe fabricado pelo Poder Internacionalista que controla as ideologias Capitalistas e Comunistas, recebeu o tal Prêmio Nobel da Paz. Incrível como uma personalidade desconhecida até um ano atrás é alçado a patamar de grande defensor dos princípios pacíficos e paladino da transigência entre os povos. E justamente na semana em que o Obama Super-Star força o Congresso Norte-Americano para aumentar o efetivo militar no Afeganistão, aumentar o investimento em armas de destruição em massa e aumentar o papel de Guarda Pretoriana dos Americanos no Contexto da Globalização forçada ( Guardas dos interesses da Elite Financeira, claro). É estarrecedor a pantomima montada para enganar a população, muitas das vezes preguiçosa de se inteirar da verdade dos fatos.

Todo indivíduo detentor de plenos poderes sabe que a manutenção do Poder é algo muito complexo e estratégico e ás vezes traumático. A Elite Financeira Internacional desenvolve constantemente ajustes para facilitar esse trabalho e perpetuar sua ação nefasta na Humanidade e nos destinos do Homem. Transformar lixo em dinheiro é uma dessas engrenagens. Apadrinhar traidores e bajuladores com ofertas generosas é outra estratégia. O Rei Midas ficaria invejoso dessa mágica atual confrontada por diversos interesses escusos no Mundo. Lembremos que o final da estória do Rei Midas é a sua transformação em um ser com orelhas de burro e sem consciência do que faz. O que nos espera o futuro??

Leituras Recomendadas

Previous
Next
FPS Livro nº 15 ''Projeto de Reforma Agrária''_capasite
CARTILHADOSPLINIANOS
MANIFESTOSPRP
CARTAANAÇAO2
OSECULODOCORPORATIVISMO
OCOMUNISMOEAMAÇONARIA
OSJUDEUS_ALFREDOBUZAIDINCL
manifestoprograma1936
NORMASDEADMINISTROTÉCNICAMUNICIPAL
Livro Municipalismo
o_homem_e_Oestado
acrisepalamentar
o_Elo_Secreto2
como_se_engana_a_humanidade2
conceito_de_civilização_brasileira2
discurso de despedida do parlamento
como_se_prepara_uma_china
O Ultimo Nazireu
Livro Sagrado Linear
Padre 2 (1)
OESTADONACIONAL
ARTEECIVISMOCORR
constanciadoolharvigilante
O_Estado_meio
TODOS OS ANIMAIS SAO IRMÃOS
thumbnail (1)
FREI ORLANDO SILVA
A Arte da Guerra
FranciscanismoXTomismo
Igreja Linear
era vargas
Livro A Casa Imperial
fronteiras_da_tecnica
golpe_de_novembro
direito_politico
forças_secretas
manifesto_municipalista
AIGREJAEOMARXISMO
abya yala
prpcartaz
boletimdedoutrina2rn
boletimdedoutrina1rn
comquemestamos
CATOLICOSEINTEGRALISMO
pelobemdobrasil
discursoaosintegralistas
CONCEITOCRISTÃODOTRABALHO
Breviário do Camisa Verde
Livro Cientificismo Moderno
Livro Espiritualidade

Marcha Linearista

Vídeo em Destaque

TUPÃ, O GALO VERDE INTEGRALISTA E LINEARISTA, ESMAGA O VERME COMUNISTA LIBERAL, GERADO NO VENTRE DO GRANDE CAPITAL FINANCEIRO INTERNACIONAL