O ARQUIVO NACIONAL INTEGRALISTA E LINEARISTA ANIL

Desde o Congresso Integralista para o Sec XXI, realizado em São Paulo em dezembro de 2004, o interesse pela leitura de material relacionado ao Integralismo teve um crescimento colossal. Basta digitarmos hoje no Google ou outros sobre trabalhos acadêmicos relacionados ao Integralismo e ao Linearismo e vamos obter milhares de apontamentos. Em 2006, como forma de aglutinar todo o acervo colecionado pelos membros do Movimento Integralista e Linearista Brasileiro MIL-B, foi criado o ANIL, vinculado como pessoa jurídica a SENE, Sociedade de Estudos do Nacionalismo Espiritualista, CNPJ 08.294.458/0001-02. O ANIL desde então passou a recolher um número extraordinário de livros, documentos, cartas, revistas, panfletos, distintivos, jornais, botons e tudo o que se relaciona ao Integralismo e ao Linearismo, desde a fundação da AÇÃO INTEGRALISTA BRASILEIRA EM 1932 e mesmo material vinculado aos membros antes desse período. De simples colecionadores, o ANIL trouxe o status quo de Organizaçao histórica para o MIL-B, tendo atualmente uma média de visitas de mais de 50 pesquisadores por ano.
Aos leigos, é preciso entender a grandiosidade da produção integralista. Entre 1932 e 1937 foram editados por várias editoras mais de 78 livros conhecidos e catalogados com assunto relativo a doutrina integralista. Mais de 100 títulos de Jornais circularam nessa época vinculados a AIB, muitos com tiragem cotidiana, e mais de 10 títulos de revistas com circulação nacional foram impressas. Isso além de panfletos e outros acessórios integralistas, o que torna a AIB, a despeito do seu número de filiados jamais ultrapassado por qualquer instituição política da História do Brasil e das Américas, o maior fenômeno político de divulgação de ideologia e doutrina de todos os tempos, talvez no mundo ( por carência de estudos nessa área, estamos sendo prolixos). O ANIL dispõe em seu acervo de quase totalidade desse material, em papel ou digitalizados. E a partir de 2008 o ANIL firmou parceriais com diversos Arquivos e Museus pelo Brasil, dentre eles a valorosa colaboração do Arquivo Municipal de Rio Claro ( onde está atualmente o espólio de documentos do Chefe Nacional Plínio Salgado) e o Arquivo Nacional do Rio de Janeiro.
Grande esforço tem sido dispendido para a digitalização de todo o material impresso. O ANIL não se omite a essa empreitada no momento. Entretanto, estamos cientes dos Direitos Autorais como regra jurídica no país e nunca violamos ou tentaremos violar esse postulado. Cumpre informar que os Direitos Autorais das Obras do Chefe Não Políticas pertencem a Editora GRD ( por concessão escrita da filha do Chefe realizada em 1975) e o Direito das Obras Políticas pertencem a Instituição denominada CPS em São Paulo. Os Direitos Autorais das Obras de Gustavo Barroso pertencem a Editora Revisão desde 1988, por contrato escrito pelo filho de Gustavo Barroso, Carlos Labouriou Barroso. Os Direitos das Obras de Miguel Reale pertencem a família e os outros editores ditos Integralistas também.
O ANIL recolhe igualmente material relativo ao PRP, Partido de Representaçao Popular, fundado pelo Chefe Nacional e pelo Integralista Raimundo Padilha já em 1945, antes do retorno do Chefe Nacional do exílio em Portugal e material dos dias recentes.

 

Após consulta ao nosso Setor Jurídico, resolvemos o seguinte:

 

1 – As visitas de pesquisadores ao Acervo do ANIL continua com o mesmo procedimento, ou seja, marcação através do e-mail milbintegralismoelinearismo@yahoo.com.br para consulta com o acompanhamento pessoal de um representante nosso indicado pelo Presidente do MIL-B, feito na Sede Nacional em Campinas, Rua General Osório 1031 sala 194 Centro.
2– As Obras de grande valor doutrinário A Doutrina do Sigma do Chefe Nacional Plínio Salgado, O Espírito do Sec XX de Gustavo Barroso, e O Estado Moderno de Miguel Reale, podem ser solicitadas via Carta escrita de próprio punho e assinadas com firma reconhecida, com declaração de pedido para MIL-B Caixa Postal 866 cep 13012970 Agencia Centro, Campinas e serão enviadas com comentários gratuitamente. Haverá um custo de R$ 10,00 da postagem.

3- Para os membros do MIL-B, além dos títulos acima, estarão disponíveis na gravação digital os livros abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *