O ACIDENTE PETROLÍFERO DA MORALIDADE

CÁSSIO GUILHERME, PRESIDENTE DO MOVIMENTO INTEGRALISTA E LINEARISTA BRASILEIRO MIL-B

O evento catastrófico de derramamento de petróleo bruto pela plataforma Deepwater, localizada no Golfo do México, nos EUA, propriedade da gigante petrolífera britânica British Petroleum desde o dia 24 de abril de 2010, e que se arrasta por 4 meses ininterruptos, serve de exemplo do modelo sórdido de governabilidade que impera nos países fantoches do mundo, sobretudo no plano ocidental.

Os fatos relacionados a esse episódio que ficará marcado de forma indelével e triste na memória de todos são espetacularmente cínicos e hipócritas e também fraudulentos ao extremo. Até o presente momento, já vazaram mais de 700 milhões de litros de óleo, o que ultrapassa o maior vazamento que ocorreu também no Golfo do México em 1979, em Ixtoc, uma plataforma de 45 metros de propriedade da igualmente gigante mexicana Pemex, com volume de vazamento de 520 milhões de litros de óleo. A plataforma da British Petroleum tem profundidade de 1500 metros. O acidente do petroleiro Exxon Valdez, só para título de comparação, derramou 35 milhões de litros na costa do Alasca em 1989. Lembremos que desde 1981 existe uma Lei proibindo novas prospecções no Golfo do México, no Alasca e no Atlântico Norte. Mas o lobby do Império financista dobrou o mambembe, digo presidente dos EUA que disse na Mídia amestrada que iria combater a exploração de recursos minerais no país, mas “ por debaixo dos panos”, de posse do seu Prêmio Nobel da Paz, autorizou o Grande Capital a exterminar a flora e a fauna de maneira indistinta e irrestrita. De quebra, enviou mais 40 mil soldados para o Afeganistão, proteger os exploradores de ópio e traficantes de heroína, tudo corroborando a sua missão de centurião dos soldados da Guarda Pretoriana americana a serviço do Império dos Grandes Banqueiros. E olha que as Organizações Não-governamentais( ONGs) americanas e as Organizações de Defesa do Ambiente, como Greenpeace e WWF não apareceram para o habitual barulho festivo; com certeza com medo de perderem os subsídios polpudos das transnacionais por causa dessas afrontas.

O desastre petrolífero da British Petroleum expõe de maneira irrefutável a degeneração moral de nossa sociedade de consumo, preocupada apenas com lucros e luxúrias. O modelo de domínio mundial está bem claro com esse episódio. Existe um Governo Mundial dos detentores do Poderio Econômico, que são os Donos das Multinacionais da globalização fraudulenta, que controlam os governos ditos “ democráticos e populares” no sentido de avalizarem qualquer prejuízo em seus negócios. Lembram-se do PROER no Brasil, onde o contribuinte salvou as maracutaias dos pobres banqueiros?? Lembram-se da Crise de 2008 onde os “ Governos” gentilmente colaboraram com o dinheiro da educação e da saúde e da segurança para salvar os pobres banqueiros envolvidos com jogatinas imprevisíveis?? Até o presente momento, o serviçal Obama, centurião da Guarda Pretoriana “Tio Sam”, já destinou mais de 15 bilhões de dólares do orçamento aprovado as pressas por lobistas competentes, para ajudar a pródiga British Petroleum a limpar suas negras falcatruas ambientais. A companhia britânica teria contratado o escritório de relações públicas de Tony Podesta por US$ 16 milhões. Num país onde lobby é permitido não haveria problema se Tony não fosse irmão de John Podesta, o chefe do escritório de transição do, então, presidente eleito Barack Obama. E em consonância com esse desastre lembramos que o petróleo já deveria ter sido abandonado há muito tempo como produto de geração de energia, mas a Poderosa Transnacional do petróleo impede que o álcool, o biocombustível, o hidrogênio e as matrizes nucleares avancem. E de quebra inventa climas de terrorismo com mentiras de que o petróleo vai acabar, sendo que já foi provado que quimicamente o petróleo tem origem biótica e abiótica, ou seja, grande parte de “ ouro negro de araque” provém do centro da Terra, de maneira abundante e contínua.

Mais uma prova da existência do verdadeiro Império de controle mundial, que domina o dinheiro e compra as consciências deturpadas de muitas pessoas; que domina as mentiras das ideologias Capitalistas Liberais e Comunistas, manipulando todos como se fossem gado acéfalo a espera do abate no curral. E realmente admirável constatar que ainda existam pessoas que acreditem no tal Sufrágio Universal, que vamos escolher livremente o novo Presidente de maneira democrática, e que esse Presidente vai salvaguardar o interesse de todos e melhorar nossas vidas. Ledo engano. Esses políticos profissionais só servem aos comandos do Demiurgo Monetário, a Mamonn e seu Império da Escravidão ao dinheiro e ao lucro. Mas a verdade vai aparecer. Enquanto isso, o óleo da vergonha mancha na verdade é nossa hipocrisia e covardia. Pior cego é aquele que não quer ver. Talvez respingou óleo nos olhos dele.

Leituras Recomendadas

Previous
Next
FPS Livro nº 15 ''Projeto de Reforma Agrária''_capasite
CARTILHADOSPLINIANOS
MANIFESTOSPRP
CARTAANAÇAO2
OSECULODOCORPORATIVISMO
OCOMUNISMOEAMAÇONARIA
OSJUDEUS_ALFREDOBUZAIDINCL
manifestoprograma1936
NORMASDEADMINISTROTÉCNICAMUNICIPAL
Livro Municipalismo
o_homem_e_Oestado
acrisepalamentar
o_Elo_Secreto2
como_se_engana_a_humanidade2
conceito_de_civilização_brasileira2
discurso de despedida do parlamento
como_se_prepara_uma_china
O Ultimo Nazireu
Livro Sagrado Linear
Padre 2 (1)
OESTADONACIONAL
ARTEECIVISMOCORR
constanciadoolharvigilante
O_Estado_meio
TODOS OS ANIMAIS SAO IRMÃOS
thumbnail (1)
FREI ORLANDO SILVA
A Arte da Guerra
FranciscanismoXTomismo
Igreja Linear
era vargas
Livro A Casa Imperial
fronteiras_da_tecnica
golpe_de_novembro
direito_politico
forças_secretas
manifesto_municipalista
AIGREJAEOMARXISMO
abya yala
prpcartaz
boletimdedoutrina2rn
boletimdedoutrina1rn
comquemestamos
CATOLICOSEINTEGRALISMO
pelobemdobrasil
discursoaosintegralistas
CONCEITOCRISTÃODOTRABALHO
Breviário do Camisa Verde
Livro Cientificismo Moderno
Livro Espiritualidade

Marcha Linearista

Vídeo em Destaque

TUPÃ, O GALO VERDE INTEGRALISTA E LINEARISTA, ESMAGA O VERME COMUNISTA LIBERAL, GERADO NO VENTRE DO GRANDE CAPITAL FINANCEIRO INTERNACIONAL