MANIFESTO DO MIM, MOVIMENTO INTEGRALISTA E MONARQUISTA

Camarada Carlos Alberto, nova liderança dos movimentos integralistas, divulga um manifesto direto de Portugal espalhando a Doutrina Integralista por terras européias e fortalecendo a posição do movimento no Brasil e no mundo.

Portugal, 28 de Setembro de 2020
A CONSPIRAÇÃO ILUMINATIS
1 . O integralismo não deve combater apenas o marxismo e socialismo isso é apenas a ponta do problema, o marxismo é  mero instrumento do controlador internacional isso é apenas a superfície do grande problema mundial. Assim como o Capitalismo Liberal é também instrumento do Controlador Internacional.
2 . As oito famílias super-poderosas controlam mais de 90%  das finanças mundiais os grandes conglomerados de bancos multinacionais bem como o banco Rotschild   , banco central  de Londres 🇬🇧
3 . A maçonaria os iluminatis, a falsa cristandade,  a city de Londres bem como o grupo de sionistas controlam e manipulam os governos e manipulam os países periféricos.
4 . O MIM  rechaça todas sociedades secretas que querem manipular e conspiram contra a soberania do Brasil
5 . o  MIM  continuará  denunciando e combatente ! vamos continuar em campanha no Brasil e em todo mundo contra o projeto global NOM
6 . Descrição
‘Illuminati’ conta a história da seita mais secreta criada e em ação até hoje. Infiltrados em todo tipo de organização, algumas muito conhecidas, os Illuminati influenciam os principais acontecimentos mundiais, sem mostrar o rosto. Agem por uma sociedade única, um governo mundial. Desde o assassinato de John Kennedy até o 11 de setembro, todos os eventos que definiram épocas e caminhos têm a participação deles. Os Illuminati, ou Iluminados da Baviera, nasceram como sociedade secreta em fins do século XVIII em Ingolstadt, no sul da Alemanha. Os planos deles eram, ou são, a destruição do mundo, como hoje o entendemos, aniquilando a cultura ocidental e o cristianismo, assim como as nações clássicas. Apoiavam a fundação de um governo planetário que instauraria um culto mundial a Lúcifer e reinaria sobre uma massa homogênea de seres humanos desprovidos de qualquer diferença de raça, cultura, nacionalidade ou religião, e cuja única função seria trabalhar escravizados a serviço de seus amos. O crescimento da seita foi rápido. Dois anos depois de sua criação, já atraía nobres, políticos e profissionais liberais como médicos, advogados e juízes. Entre seus membros, o príncipe Ferdinando de Brunswick, o duque de Saxe-Gotha, o barão de Dalberg e o príncipe Karl de Hesse. Até o escritor Wolfgang Goethe se deixou seduzir pelos postulados da ordem.
7 – O MIM TEM O APOIO DO MIL-B E UMA PARCERIA DOUTRINÁRIA COM O MOVIMENTO INTEGRALISTA E LINEARISTA BRASILEIRO MIL-B. 
CARLOS ALBERTO, FUNDADOR DO MIM, MOVIMENTO INTEGRALISTA MONÁRQUICO
Anauê!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *