BRASIL, COLÔNIA DE BANQUEIROS

CÁSSIO GUILHERME, Presidente do MIL-B, Engenheiro, Físico, Bacharel em Direito.

“No fundo da alma de qualquer povo dormem, ignoradas, forças infinitas. Quem as souber despertar, moverá montanhas.”

Nesse dia 07 de setembro de 2006 devemos nós, todos os brasileiros, fazer uma reflexão profunda acerca da situação de nosso País e do futuro que espera as gerações vindouras. Com muita propriedade, o grande escritor, folclorista, ensaísta, poeta, jornalista, membro mais jovem da Academia Brasileira de Letras e Integralista Gustavo Barroso chamou o Brasil da década de 30 de um país “ Colônia de Banqueiros” ( o livro de Gustavo Barroso é leitura proibida pelos “ Donos do Mundo”). Não foi a toa que o escritor usou esse termo, visto que o país até 1930 era uma Nação meramente agrária, que dependia do Capital Estrangeiro para quase tudo, desde a implementação de insumos agrícolas, até a aquisição de bens duráveis, meios de produção e estruturas de saúde e educação.

A História da Independência do Brasil certamente poderia ser caracterizada como uma farsa circense, pois o Brasil jamais deixara de ser Independente, tendo se desvinculado das garras de Portugal para cair nas garras dos banqueiros internacionalistas Rotschild, Rockfeller e a Casa dos Morgan, que emprestaram em 1823 a módica quantia de 2 milhões de libras esterlinas para que o Brasil pagasse sua “ Independência”, cobrando os famigerados juros que desde então escravizaram nossa economia. E quando o Barão de Mauá tentou implantar uma indústria siderúrgica de base no Brasil, uma Termelétrica a gás e o complexo naval da Ponta da Areia, esses salafrários banqueiros tudo fizeram para impedir o empreendimento brasileiro, usando de toda a patifaria e sordidez que bem caracterizam as ações desses agiotas satânicos. Isso sem contar a Guerra do Paraguai, inventada para destruir os anseios industriais brasileiros e paraguaios, além da venda hiper-lucrativa de armas para as matanças.

Vamos nos transportar agora para o ano de 2006, Séc XXI. Será que algo significativo mudou?? Lemos no jornal “ O Estado de São Paulo”, de agosto do presente ano, que o BNDES, banco criado para fomentar a produção nacional e principalmente os pequenos empreendedores, vai emprestar a juros abaixo do mercado mais de 10 bilhões de dólares ao Grupo Klabin, a Vale do Rio Doce( escandalosamente entregue aos banqueiros estrangeiros) e às operadoras de telefonia, todos grupos vinculados ao Grande Capital Estrangeiro. Não é só isso. Há pouco mais de 10 anos, o governo brasileiro injetou 14 bilhões de dólares no famigerado PROER, programa criado para a salvação financeira dos bancos Nacional, Econômico e Bamerindus, sendo que a CPI criada para avaliar esse descalabro do dinheiro público foi arquivada pelos Deputados. Além de toda essa farra com nosso dinheiro e o dinheiro dos trabalhadores, as Minas de Nióbio de Araxá continuam a extrair o minério valiosíssimo, com a administração de grupos estrangeiros como o MOLICORP, a preços irrisórios, saqueando nossas riquezas ( como no caso da época de Colônia), que geram bilhões aos especuladores nas bolsas de Nova York e na City de Londres. Mas o mais revoltante, o mais avassalador, o mais repugnante, uma atitude que só poderia ser comparada a SATANISMO, é ver esses agiotas banqueiros recolherem 1/4 de tudo que o Brasil arrecada em juros das dívidas externas e internas ( Collor, FHC e Lula pagam altivos, independente de posição ideológica). O brasileiro sem educação, sem moradia, sem saúde digna e ainda pagando a orgia e o luxo desses vermes filhos de Mamonn. Isso ainda num país que se diz cristão, com várias Igrejas pregando a palavra do Cristo ( a espiritualidade acima da matéria e do dinheiro), e nada fazem para mudar essa situação. Uma Nação inteira trabalhando para o benefício dos especuladores banqueiros e o Sistema Financeiro Bandido Internacional. Esse disparate nem é citado nas campanhas políticas dos partidos de direita ou esquerda, comprovando que acima das brigas de fachada desses partidecos, existe o senhor banqueiro que comanda a todos ( farinha do mesmo saco).

Portanto, infelizmente, esse grito de independência nunca existiu, é mera falácia e vergonha para todos os brasileiros. O Brasil, um país tão rico e abençoado, é explorado e escravizado pelas mãos dos financistas satânicos. Até quando vamos continuar uma Colônia de Banqueiros?? Deus tenha piedade de nós.

Leituras Recomendadas

Previous
Next
FPS Livro nº 15 ''Projeto de Reforma Agrária''_capasite
CARTILHADOSPLINIANOS
MANIFESTOSPRP
CARTAANAÇAO2
OSECULODOCORPORATIVISMO
OCOMUNISMOEAMAÇONARIA
OSJUDEUS_ALFREDOBUZAIDINCL
manifestoprograma1936
NORMASDEADMINISTROTÉCNICAMUNICIPAL
Livro Municipalismo
o_homem_e_Oestado
acrisepalamentar
o_Elo_Secreto2
como_se_engana_a_humanidade2
conceito_de_civilização_brasileira2
discurso de despedida do parlamento
como_se_prepara_uma_china
O Ultimo Nazireu
Livro Sagrado Linear
Padre 2 (1)
OESTADONACIONAL
ARTEECIVISMOCORR
constanciadoolharvigilante
O_Estado_meio
TODOS OS ANIMAIS SAO IRMÃOS
thumbnail (1)
FREI ORLANDO SILVA
A Arte da Guerra
FranciscanismoXTomismo
Igreja Linear
era vargas
Livro A Casa Imperial
fronteiras_da_tecnica
golpe_de_novembro
direito_politico
forças_secretas
manifesto_municipalista
AIGREJAEOMARXISMO
abya yala
prpcartaz
boletimdedoutrina2rn
boletimdedoutrina1rn
comquemestamos
CATOLICOSEINTEGRALISMO
pelobemdobrasil
discursoaosintegralistas
CONCEITOCRISTÃODOTRABALHO
Breviário do Camisa Verde
Livro Cientificismo Moderno
Livro Espiritualidade

Marcha Linearista

Vídeo em Destaque

TUPÃ, O GALO VERDE INTEGRALISTA E LINEARISTA, ESMAGA O VERME COMUNISTA LIBERAL, GERADO NO VENTRE DO GRANDE CAPITAL FINANCEIRO INTERNACIONAL