AND THE OSCAR GOES TO: IDIOTAS!!!!!!!!!!!

CÁSSIO GUILHERME, PRESIDENTE DO MOVIMENTO INTEGRALISTA E LINEARISTA BRASILEIRO, MIL-B, FUNDADOR DO LINEARISMO
“Que vantagem têm os mentirosos? A de não serem acreditados quando dizem a verdade.” Aristóteles
 

Como já postulamos diversas vezes nos nossos artigos, o Império dos Detentores dos Recursos Econômicos administra a maioria dos países no nosso tempo, e isso desde a tal Revolução Francesa. É o que os assim chamados partidários de teorias conspiratórias chamam de “ Nova Ordem Mundial”. Como um dos braços desse Poder global temos a Indústria do Entretenimento, administrada por grandes investidores, sobretudo de Wall Street e da City de Londres, todos com o beneplácito muito generoso dos governos títeres que eles escolhem e dizem que foi o sufrágio universal que escolheu. Mas o que nos interessa agora é desmascarar um dos tentáculos do polvo controlador, qual seja, a Indústria de Hollywood e suas produções a serviço do Grande Capital Financeiro Internacional e seus objetivos. E nessa semana de fevereiro de 2013 a Mídia Amestrada mostrou mais uma vez o festival obsceno do Oscar para supostos 1 bilhão de pessoas, tudo para coroar o conceito moderno de pão e circo para todos. É claro que os menos idiotas como esse missivista não perdeu seu tempo de sono com essas bobagens, mas vale a pena comentar o ocorrido como esclarecimento aos que têm sede de verdade e justiça e tentam de todas as formas se libertarem dessa opressão de consciência que nos é torneada diariamente por essa Mídia babilônica.

O Império das Finanças precisa de parâmetros que procurem linearizar e igualar as opiniões dos diversos povos do mundo. Uma das maneiras de se tentar essa igualdade de opiniões é criando parâmetros supostamente infalíveis de chancela de que alguma coisa é inquestionavelmente boa, ou selo de qualidade a tudo o que existe e interessa aos objetivos de dominação e perpetuação de Poder da Elite financeira mundial. Nessa esteira temos os Prêmios Nobel e o Evento do Oscar para os filmes e produções cinematograficas do momento. É claro que o selo do Prêmio Nobel procura avalizar qualquer acadêmico brilhante ou medíocre como invariavelmente de boa qualidade, independente do seu real valor. Ganhar o Prêmio Nobel já é suficiente para dizer a todos que aquele indivíduo é um semi-Deus e age com todo brilhantismo inerente a qualquer espaço acadêmico no mundo inteiro, e quem duvidar disso só pode ter ficado, ou estar ou ficará louco. A mesma coisa acontece com o Oscar da Academia de Los Angeles. Qualquer produção por mais sinistra, ignóbil e patética que seja de fato, ao receber o selo dessa Elite de Produtores e Roteiristas( alocados em alguma catacumba nos EUA) é alçada imediatamente a filme genial e apto a receber milhões de dólares de espectadores pelo Planeta; e quem duvidar disso mais uma vez só pode estar, ou esteve ou ficará louco. O exercício de velhacaria e enganação das Massas que não têm condições de perceber o óbvio, por estarem entorpecidas pela mentira, é até divertido para esses dominadores de mentes profissionais. Lembremos que grandes cientistas e grandes filmes que não faziam parte do esquema dos roteiristas do Nobel e dos roteiristas do Oscar nunca chegaram sequer perto de receberem tal comenda, como Nikola Tesla, César Lattes, o desenho Cassiopéia brasileiro e vários outros. E recordemos também, até como exercício de nostalgia e avessos a injustiças, tantos outros filmes que não receberam o toque de Midas. Lixo se transformando em luxo; idiotices se transformando em comportamentos fidalgos; alucinações se transformando em documentários de época; ou ferro e bronze se transformando em Ouro. O mesmo raciocínio se aplica as Artes Modernas e aos quadros e pinturas de boçais que se transformam em raridades por Obra e Graça dos Agentes Internacionais de Mamonn. Basta estarem no lugar certo, no momento certo e agradarem às pessoas certas.

Mais uma vez neste ano o circo do Oscar cumpriu seu papel social, político, filosófico, ideológico e fantasioso. Antes a senha para se receber o Oscar era falar da Segunda Guerra Mundial. Depois sobre a suposta Guerra Fria que nunca existiu de fato e a ameaça aterrorizante dos comunistas. Depois, passou a ser os filmes melífluos e impactantes do tal holocausto de judeus. Em sequência, o álibi certo para se tornar famoso foi produzir filmes e documentários politicamente corretos. Avatares, cowboys pederastas, lutadoras de boxe machonas, efeitos estufa e aquecimento globais eram cartas marcadas nos festivais do bonequinho de ouro com a espada em riste. Mais recentemente, cumprindo a agenda dos interesses dos poderosos, a indústria cinematográfica, devidamente patrocinada por Wall Street e o dinheiro também virtual ( sem trocadilhos) do “ governo” americano, passou a atacar os terroristas e os países não alinhados com as esferas farisaicas, sobretudo o Irã. Neste raciocínio pudemos ver neste ano também a Primeira Dama do Clã Obama anunciar o filme Argo como vencedor, uma produção que critica ferozmente o Governo do Irã. Travestido de um romance com todos os bons ingredientes emocionais dos produtores hollywoodianos, o tal filme cria ficção dentro da ficção, sem dúvida um prato cheio para as empresas do gênero mambembe. A grande surpresa foi a falta de coragem do Presidente do “ governo” americano, Barack Obama, em abrir o envelope, deixando sua esposa fazê-lo. É uma injustiça insofismável ao Presidente Obama, depois de também participar de ficções como a morte do Bin Laden e a o desaparecimento do corpo, não ter ganho também o Oscar, pelo menos como ator coadjuvante. Na nossa concepção se configura como uma grande conspiração com uma pessoa tão devotada ao maior espetáculo ( de empulhações) da Terra.

Pois bem, como já disse uma vez o maior cientista de todos os tempos em nossa opinião, Sir Isaac Newton, a toda ação corresponde uma reação. Os grandes vitoriosos do Oscar desse ano e de todos os outros anos foram sem dúvida os milhões de energúmenos que perderam seu tempo assistindo essa bizarrice tola de luxúria e ostentação. E olha que ainda temos muita lenha para queimar. Que tal agora os filmes se concentrarem nos casos de pedofilia da Igreja Católica e na saída do Papa?? É tiro e queda para os apóstolos da sombra que votam na tal Academia de Artes das Artes do Los Angeles em!! Sem dúvida, a Massa hipnotizada pelas Ondas Eletromagnéticas do Mal não consegue reagir a nada. E o Oscar Goes to: patetas, idiotas, imbecis, subservientes, …

Leituras Recomendadas

Previous
Next
FPS Livro nº 15 ''Projeto de Reforma Agrária''_capasite
CARTILHADOSPLINIANOS
MANIFESTOSPRP
CARTAANAÇAO2
OSECULODOCORPORATIVISMO
OCOMUNISMOEAMAÇONARIA
OSJUDEUS_ALFREDOBUZAIDINCL
manifestoprograma1936
NORMASDEADMINISTROTÉCNICAMUNICIPAL
Livro Municipalismo
o_homem_e_Oestado
acrisepalamentar
o_Elo_Secreto2
como_se_engana_a_humanidade2
conceito_de_civilização_brasileira2
discurso de despedida do parlamento
como_se_prepara_uma_china
O Ultimo Nazireu
Livro Sagrado Linear
Padre 2 (1)
OESTADONACIONAL
ARTEECIVISMOCORR
constanciadoolharvigilante
O_Estado_meio
TODOS OS ANIMAIS SAO IRMÃOS
thumbnail (1)
FREI ORLANDO SILVA
A Arte da Guerra
FranciscanismoXTomismo
Igreja Linear
era vargas
Livro A Casa Imperial
fronteiras_da_tecnica
golpe_de_novembro
direito_politico
forças_secretas
manifesto_municipalista
AIGREJAEOMARXISMO
abya yala
prpcartaz
boletimdedoutrina2rn
boletimdedoutrina1rn
comquemestamos
CATOLICOSEINTEGRALISMO
pelobemdobrasil
discursoaosintegralistas
CONCEITOCRISTÃODOTRABALHO
Breviário do Camisa Verde
Livro Cientificismo Moderno
Livro Espiritualidade

Marcha Linearista

Vídeo em Destaque

TUPÃ, O GALO VERDE INTEGRALISTA E LINEARISTA, ESMAGA O VERME COMUNISTA LIBERAL, GERADO NO VENTRE DO GRANDE CAPITAL FINANCEIRO INTERNACIONAL