ANAUÊ FRANCISCO DE ASSIS HOLLANDA LOYOLA

Abrimos espaço mais uma vez para lembrança de um grande gigante intelectual e político do Brasil, que pertenceu aos quadros da Ação Integralista Brasileira AIB: Francisco de Assis Hollanda Loyola.

 

                     Sem perda de generalidade e sem falso exagero, poderíamos inferir que os Estudos de Educação Física no Brasil têm seu início na década de 30, tendo o Brasil participado de uma Olímpiada pela primeira vez em 1920 na Bélgica. Os escritos de Loyola, Mestre de Campo da Milícia e diretor da Escola de Instructores de Educação Physica integralista, ganham destaque porque instituíram um modo inovador de conceber a prática esportiva e o treinamento físico na AIB. Loyola conquistou espaço no jornal e traçou o “Plano Geral” de Educação Física voltado para as necessidades e características do povo brasileiro, aspecto enfatizado pelo autor. Concluimos que agregando as prescrições de Loyola a práticas ritualistas e simbólicas, o Integralismo impunha ao corpo um modo muito próprio de ser integralista, modo de ser um “soldado-integral”. A abordagem de Hollanda Loyola inaugura a visão sociológica e educacional da Educação Fisica em território brasileiro, o que serviu para as bases da disciplina nas escolas a partir do fim dos anos 30.
LIVRO GINÁSTICA PARA TODOS DA DÉCADA DE 40, UM DOS PRIMEIRO LIVROS SOBRE CIÊNCIA DA EDUCAÇÃO FÍSICA NO BRASIL.
                   Hollanda Loyola também foi o pioneiro no Brasil no conceito de Consciência social do aprimoramento físico, uma nova epistemologia do processo de treinamento físico e esportivo no Brasil. A filosofia da Ação Integralista Brasileira procurou formar no indivíduo o seu doutrinamento moral, intelectual e físico. A formação de um sentido corporal na sociedade ganha uma sistematização com a AIB e os membros das Milícias Integralistas, das quais Hollanda Loyola foi o Diretor Geral. O integralismo, que emergiu no cenário político na década de 30 do século XX como o primeiro movimento político de massas do país, possuía núcleos organizados em todo território nacional, contando, em 1937, com mais de um milhão de membros inscritos em suas fileiras . O discurso integralista se propagou de modo surpreendente e angariou adeptos em diferentes classes sociais, o que possibilitou que a AIB criasse escolas; fundasse ambulatórios e lactários; elegesse vereadores, prefeitos e deputados integralistas, atuando nos meios políticos como partido; que elaborasse, através de seus militantes, inúmeras obras doutrinárias; que criasse cursos de enfermagem, puericultura, Educação Física, entre outros; que promovesse inúmeras reuniões doutrinárias, passeatas, congressos, seminários e eventos que tornaram públicos sua popularidade e alcance doutrinário. 
                               Nesse sentido, ganham destaque os escritos de Hollanda Loyola, Mestre de Campo da Milícia no Distrito Federal (RJ) e diretor da Escola Technica de Instructores de Educação Física integralista, porque instituíram um modo inovador de conceber a prática esportiva e o treinamento físico. Loyola, renomado autor da Educação Física em âmbito nacional, foi editor e diretor do primeiro periódico específico da área, Revista Educação Physica (a partir de 1939), colaborador na constituição de métodos e programas de Educação Física e autor de 17 livros publicados pela Companhia Brasil Editora. Ao ingressar para os quadros da AIB, Loyola redigiu vários artigos e crônicas sobre Educação Física e esportes para os jornais integralistas os quais circularam durante todo o período de legalidade do movimento.
                     Para coordenar os trabalhos da Milícia no Distrito Federal, o Chefe Nacional comissionou Francisco de Assis Hollanda Loyola ao posto de Mestre de Campo, determinando a todos os integralistas que viessem a essa patente que a reconhecessem e lhe prestassem as devidas honras. Loyola ocupou este cargo até 4 abril de 1935 quando a Milícia foi extinta em cumprimento a Lei de Segurança Nacional, que defi nia os crimes contra a ordem política e social e conferia ao Governo Federal poderes especiais para reprimir atividades políticas ditas subversivas. No entanto, em 1936, a estrutura da Milícia foi transplantada para a organização da juventude integralista denominada de “Plinianos”, momento no qual se transformou em Secretaria Nacional de Educação (moral, cívica e física), cuja missão era prosseguir com o trabalho de organização e disciplinamento. Nessa unidade, Loyola passou a ocupar o cargo de Secretário Provincial de Educação e iniciou a publicação de uma série de artigos “technicos sobre Educação Physica, com a fi nalidade de orientar as atividades dos soldados do Sigma” (Monitor Integralista, ano V, p.3, 10 abr. 1937) Ao longo do período no qual atuou na AIB, Loyola tornou-se o escritor que publicou o maior número de textos sobre Educação Física e esportes em A Offensiva tendo, inclusive, assinado uma coluna específi ca, denominada “Chronica do dia”. Da leitura atenta dos seus escritos nesse jornal podemos afi rmar que Loyola buscou elaborar, para o Brasil, o que nomeou de “Plano Geral” de Educação Física, pois abrangia não só um método, mas um conjunto deles. Sua inspiração adveio de estudos que realizou sobre planos de Educação Física desenvolvidos em outros países. A importância conferida por Loyola à Educação Física é explicitada no artigo “Educação Physica: fi nalidades”, publicado em A Offensiva de 8 de junho de 1935, quando argumenta que é da Educação Física “[…] a função de preparar para vida, de dar normalidade e capacidade às funções orgânicas, tonicidade aos músculos, resistência ao esqueleto, fl exibilidade às articulações, controle ao sistema nervoso” (LOYOLA, 1935e, p.6).
ABAIXO ALGUMAS TESES IMPORTANTES SOBRE FRANCISCO DE ASSIS HOLLANDA LOYOLA E SUA PARTICIPAÇÃO NA AÇÃO INTEGRALISTA BRASILEIRA.
ARTIGO DE HOLLANDA LOYOLA NA REVISTA ANAUÊ NUMERO 1

 

 FRANCISCO DE ASSIS HOLLANDA LOYOLA, ANAUÊ , PRESENTE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Leituras Recomendadas

Previous
Next
FPS Livro nº 15 ''Projeto de Reforma Agrária''_capasite
CARTILHADOSPLINIANOS
MANIFESTOSPRP
CARTAANAÇAO2
OSECULODOCORPORATIVISMO
OCOMUNISMOEAMAÇONARIA
OSJUDEUS_ALFREDOBUZAIDINCL
manifestoprograma1936
NORMASDEADMINISTROTÉCNICAMUNICIPAL
Livro Municipalismo
o_homem_e_Oestado
acrisepalamentar
o_Elo_Secreto2
como_se_engana_a_humanidade2
conceito_de_civilização_brasileira2
discurso de despedida do parlamento
como_se_prepara_uma_china
O Ultimo Nazireu
Livro Sagrado Linear
Padre 2 (1)
OESTADONACIONAL
ARTEECIVISMOCORR
constanciadoolharvigilante
O_Estado_meio
TODOS OS ANIMAIS SAO IRMÃOS
thumbnail (1)
FREI ORLANDO SILVA
A Arte da Guerra
FranciscanismoXTomismo
Igreja Linear
era vargas
Livro A Casa Imperial
fronteiras_da_tecnica
golpe_de_novembro
direito_politico
forças_secretas
manifesto_municipalista
AIGREJAEOMARXISMO
abya yala
prpcartaz
boletimdedoutrina2rn
boletimdedoutrina1rn
comquemestamos
CATOLICOSEINTEGRALISMO
pelobemdobrasil
discursoaosintegralistas
CONCEITOCRISTÃODOTRABALHO
Breviário do Camisa Verde
Livro Cientificismo Moderno
Livro Espiritualidade

Marcha Linearista

Vídeo em Destaque

TUPÃ, O GALO VERDE INTEGRALISTA E LINEARISTA, ESMAGA O VERME COMUNISTA LIBERAL, GERADO NO VENTRE DO GRANDE CAPITAL FINANCEIRO INTERNACIONAL