À Bandeira do Brasil

 

Para sabermos verdadeiramente amar-te, Bandeira do Brasil, nós não nos devemos limitar ao entusiasmo com que te saudamos, quando passas vitoriosa nas paradas militares, ou quando te desfraldas nas horas solenes dos atos cívicos. Se representas a pátria brasileira, devemos servir-te, não só com os sentimentalismos que em nós despertas, mas com o firme pensamento de nossos deveres e a compreensão de nossas realidades.

Devemos cultuar as tradições de que provieste, devemos cumprir nossas obrigações de cidadãos do Brasil, devemos vigiar pelas instituições democráticas resumidas em ti, devemos cultivar em nossos corações o espírito de sacrifício pelo bem do nosso país, devemos dedicar-te nossa vida sem temer a morte. Que cada brasileiro, ao contemplar-te, ponha a mão na consciência e se pergunte: que tenho feito e que devo fazer para honrar o pavilhão sagrado da minha pátria? Enquanto o reduzido número dos que visionam mais claramente os nossos problemas esforçando-se numa obra de construção; e enquanto uma consciência inicial vai-se alargando até atingir a integração absoluta de Todo Nacional, serás (ó Bandeira Verde Amarela) uma espécie de adiantamento permanente de dissoluções, ou de marchas erradas, a idolatria que embevece e que ensina a esperar.

Voz apaziguadora para a nossa inquietude; afago para as nossas angustias; idioma único para esta confusão babélica de raças em mistura, de incompreensões e de lutas; espelho da terra em que pretendemos objetivar os fenômenos complicados do nosso drama social; cabeleira verde da Lara – Pátria; que todos fitam, a ponto de não verem mais nada em redor…

Vai acenando levando inebriada se sonho esta humanidade heterogênea que transforma e unifica ao sol da América, para ser a Grande Humanidade do Futuro.

Fonte: Jornal integralista – A Voz do Oeste – (*parte de um artigo de Plínio Salgado escrito em 25/11/73 no “Diário de São Paulo”).

Leituras Recomendadas

Previous
Next
Breviário do Camisa Verde
Livro Cientificismo Moderno
Livro Espiritualidade
sociedadessecretas
soluçoesnacionais
bolchevismogondim
protocoloserituais
analiseopoortuna
teoriaintegraldodireito
O_BRASIL_NA_CRISE_ATUAL
O_QUE_E_ESTADO_NOVO
O_IMPERIALISMO_BRITANICO_NO_BRASIL
MAÇONARIAEAIBCORR
Livro O Integralismo e a Educação em Massa
capa Integralismo Místico
capa livro gustavo barroso super-herói
Azevedo Amaral
ESTADO_CORPORATIVO
MARIA AMELIA
ORAÇÃO_DA_HORA_AMARGA
POR CRISTO E PELA PATRIA
Livro O Integralismo Linear e a Economia2
RUI BARBOSA E A QUEIMA DOS ARQUIVOS
''50 mil camisas-verdes desfilaram, no rio, ao lado das forças armadas''
70c18c3b-9b35-4450-9649-9a66dfcb66c0
Livro O Integralismo Linear e a Revolução Vegana
Livro O Integralismo Linear e o Escotismo
thumbnail
41V2QwyVagL._SX352_BO1,204,203,200_
Lendas do Natal
preparacao_nacionalismo_afonso_arinos
capa_cascudo_jornalista_integralista
SONY DSC
FPS Livro 311 ''Introdução ao Integralismo''_ capa
_9f471dc55351dbdc11295df4923db3ee53e42c23
O Aço Verde nº 1 pág.1
prp2
O QUE É INTEGRALISMO
CADERNOS DA HORA PRESENTE
ATUALIDADES BRASILEIRAS
81uqd42NpoL
livro-iseb-fabrica-de-ideologias-caio-navarro-de-toledo-D_NQ_NP_718381-MLB29516629073_022019-F
DISCURSOS
FASCISMO CATOLICISMO
GRUPO E ESPIRITO
IDEOLOGIA ANOS 30
DEUS E PATRIA
IDEÁRIO INTEGRALISTA
ORIENTE
CONFERENCIAS

Marcha Linearista

Vídeo em Destaque

TUPÃ, O GALO VERDE INTEGRALISTA E LINEARISTA, ESMAGA O VERME COMUNISTA LIBERAL, GERADO NO VENTRE DO GRANDE CAPITAL FINANCEIRO INTERNACIONAL